São mais felizes aqueles que não tem motivos para serem felizes

S

Nota-se que quem é pobre tende a ser mais feliz do que quem é rico.

Se o rico tem motivos para ser feliz, ele não é. Para o pobre, a quem falta motivo para ser feliz, a felicidade é mais comum.

Pelo que parece o fator humano faz diferença. O dinheiro afasta as pessoas… mais tecnologia (carro, celular, microondas) nos permite fazer coisas no nosso canto particular, sem depende de outros.

O pobre depende de outros, convive com pessoas. Sofre menos dos males mentais.

Sobre o autor

Sergio Cabral

Entusiasta pelo estudo livre do comportamento humano.

Comentar

Por Sergio Cabral
Para conhecer o modo de Jeová pensar, o estudo pessoal é fundamental. (w16 maio pp. 13-17)

Artigos

Atividades

julho 2019
S T Q Q S S D
« jun    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Sergio Cabral

Rosana Cabral